Introdução à Flauta Doce




Este site dedica-se à difusão da cultura musical, em especial, à flauta. A flauta é um instrumento musical de sopro, com um tubo cilíndrico aberto, no qual o som é produzido por um sopro dirigido a uma aresta que, ao passar o ar, este vibra e produz o som. Existem basicamente dois tipos de flauta: A flauta doce, ou de bico, na qual sopra-se o ar pela ponta, e a flauta transversal, na qual sopra-se o ar pela lateral.

Flauta-doce-e-transversal

Tipos de Flautas Doces

De acordo com o som emitido (mais grave ou mais agudo), o tamanho e sua construção, as flautas doces podem ser classificadas em: soprano em fá, soprano em dó, contralto em fá, tenor em dó, e baixo em fá.

tipos de flautas

A Flauta Doce e suas Partes

Abaixo, veja uma figura com as principais partes da flauta doce, e seus respectivos nomes:

A flauta doce e suas partes

Antes de Seguir Adiante

FLAUTA-DOCEÉ difícil precisar o ano em que foi criada a flauta doce, mas sabe-se que é um dos instrumentos musicais mais antigos do mundo. No início eram feitas de variados materiais, como bambu, e até argila. A flauta doce foi um dos instrumentos musicais mais populares na idade média e na idade moderna. No período barroco (ou barroco tardio), grandes músicos compuseram obras para serem executadas por flauta doce, entre eles Händel, Vivaldi e Bach. E hoje, é um dos instrumentos musicais mais baratos que podemos encontrar no mercado. A flauta produz um som melodioso e extremamente confortante. Não é difícil tocá-la e neste site você aprenderá, gratuitamente, como fazê-lo. Esta é uma forma de você ou seu filho iniciarem ou desenvolverem uma cultura musical. É importante esclarecer que estaremos aqui trabalhando com conceitos básicos, não sendo nosso escopo o aprofundamento da teoria musical, portanto, este site é basicamente para iniciantes. Agora, vá para a página Teoria Musical e bons estudos!




  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •